As entidades da Segurança Pública estão unidas pelos seus direitos

_MG_0630Nesta terça-feira (5), representantes das entidades de Segurança Pública do Rio Grande do Sul se reuniram no sindicato dos policiais civis para avaliar a conjuntura política. UGEIRM, Ferpmbm-RS, ABAMF, AOfSBM, Sindiperíciais, ABERGS, Amapergs, ASSTBM e Sinpol-RS estão unidas para garantir que o governo não retire qualquer direito já conquisto pelas categorias.

Pela avaliação, a paralisação do dia 28 de abril foi muito positiva e novas mobilizações deverão acontecer. Para as entidades da segurança, a culpa pela falta de segurança pública não é dos trabalhadores e sim dos ataques ao funcionalismo por parte do governo.  Por isso, as categorias seguirão unidas, denunciando à população as condições que atuam no governo Sartori. Chega de ameças de cortes e falta de investimento nos locais de atuação.

Uma nova reunião entre as entidades da Segurança Pública foi agendada para o dia 11 de maio, às 10h, na UGEIRM Sindicato.