Bloco da Segurança reúne com deputado Eduardo Loureiro

eduardo_loureiro1Na manhã desta quarta-feira (17), as entidades que compõem o Bloco da Segurança Pública realizaram uma reunião com o deputado estadual Eduardo Loureiro, líder da bancada do PDT na Assembleia Legislativa. A reunião faz parte das ações do Bloco da Segurança no sentido de mobilizar os partidos para pressionarem o governo Sartori/PMDB em relação à crise da Segurança Pública e ao parcelamento dos salários. A procura pelo PDT, se deve a importância que esse partido sempre teve em momentos de crises como a que vivemos. O vereador de Porto Alegre, Delegado Cleiton (PDT), também participou da reunião e se colocou à disposição das entidades na busca por soluções para aa crise da segurança pública.

As entidades expuseram a situação dramática da Segurança Pública no nosso estado. Foi salientado que os cortes de gastos efetuados pelo governo Sartori/PMDB, além da falta de política para a segurança pública, tem ocasionado um total desmonte da segurança pública no nosso estado. As entidades também demonstraram a sua insatisfação com os constantes parcelamentos de salários. Foi relatada a situação crítica dos trabalhadores da segurança, que têm se endividado cada vez mais, inclusive com empréstimos no Banrisul.

eduardo_loureiro2O deputado Eduardo Loureiro se mostrou sensibilizado com a situação dos servidores públicos. Se colocando à disposição para intermediar a busca de soluções, prometendo levar as questões levantadas ao seu partido. O deputado também falou que está muito preocupado com a crise na segurança pública no nosso estado e que a mobilização das entidades é fundamental para uma solução dessa crise.

O presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, ressalta que “essas reuniões são muito importantes para pressionar o governo. A situação atual, com um governo que parece viver em outro mundo, precisa da união de todos os setores da sociedade. Não é possível que qualquer pessoa com um mínimo de compromisso com a sociedade, se negue a apoiar a luta dos servidores da segurança pública. As entidades do Bloco da Segurança Pública continuarão a mobilização. Já estamos nos preparando para o provável novo parcelamento dos salários. Dessa vez a resposta tem que ser mais forte ainda, com o fortalecimento da Operação Padrão e a unidade de todos os setores da segurança pública”.