DHPPS de Porto Alegre e Região Metropolitana se posicionam contra parcelamento de salários

Nesta quinta-feira (14), foi a vez dos Agentes das Delegacias pertencentes ao Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), de Porto Alegre e da Região Metropolitana, se posicionarem contra o parcelamento dos salários do governo Sartori/PMDB. Através de ofício encaminhado ao Diretor do DHPP/RS, os policiais expressaram sua inconformidade e revolta com o 21º parcelamento de salários do governo Sartori.

Diante do absurdo de terem apenas R$ 350 depositados em suas contas no fim do mês, os Agentes decidiram, em reunião na sede da UGEIRM, não participarem de Operações Policiais enquanto os salários não forem integralizados, não se comprometer com as metas do programa Qualificar e não efetuar a remessa de inquéritos policiais, entre outras providências. Essa decisão é válida enquanto persistir a política de parcelamento dos salários implementada pelo governo Sartori/PMDB. Que, no próximo mês, deve ter o encontro das Folhas de Pagamento.

Veja, abaixo, o Ofício entregue pela UGEIRM ao Diretor do DHPP: