Dia de mobilização em todo o Estado contra o parcelamento

Acompanhe em tempo real, a mobilização pelo Estado contra o parcelamento. Mande foto da sua cidade e um breve relato.

[13h32] Governador se nega a receber os servidores da Segurança Pública. Reunião foi com segundo escalão do Governo, mostrando desrespeito do governo Sartori/PMDB com a segurança pública. De acordo com o Presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, “o que nós vimos aqui, é que nós temos um governador covarde. Covarde com a segurança. Covarde de encarar o servidor público. Covarde para encarar a população gaúcha. Se esconde atrás de um Palácio, de onde ele faz todas as maldades que pode contra os trabalhadores e a população gaúcha. Esse cidadão que está alojado no Palácio Piratini, é o responsável pelo grande número de mortes que acontece no RS. No dia 4 de agosto, temos que dar um basta. Com essas 15 horas de paralisação, vamos simbolizar esse partido que está destruindo o RS. O PMDB está destruindo o nosso estado. Agora é mobilização total, em todo o Estado, contra o PMDB e esse governador covarde!”

palacio_zh

[12h48] A UGEIRM, junto com representantes das outras entidades que compõem o Bloco da Segurança Pública, acabam de ser recebidos pelo governo no Palácio Piratini. Em breve teremos mais notícias.

entrada_piratini

[12h37] Representantes da Polícia Civil, Susepe e Magistério reunidos com o prefeito Otomar Vivian (PP), em Caçapava do Sul, agora pela manhã. Os servidores explicaram a situação caótica da segurança pública no estado e no município.

cacapava_prefeito

[12h25] Diretor da UGEIRM Luís Henrique Lamadril concede entrevista no Jornal da rádio Difusora de Bagé, sobre a Operação Padrão.

lhamadril_radio

[12h19] Em Vacaria policiais se mobilizaram em frente à Prefeitura, com o apoio do Prefeito da cidade

vacaria

[12h15] Policiais de Frederico Westphalen também se mobilizam

frederico_westphalen

[12h] Policiais do DEIC decidem em reunião aprofundar a Operação Padrão
deic_29_07_16

Em reunião realizada nessa manhã, os polciais do DEIC decidiram radicalizar a Operação Padrão até a integralização dos salários. Na reunião, ficou decidido a elaboração de um documento a ser encaminhado às chefias. No documento, os policiais explicam que, a partir de hoje e até a integralização dos salários, não serão realizadas operações, nem horas extras e será seguida a risca as orientações contidas na Operação Padrão.

[11h50] Praça da Matriz é ocupado por servidores da Segurança Pública

[Best_Wordpress_Gallery id=”14″ gal_title=”Ato no Palácio Piratini – 29/07/2016″]

Nessa manhã, os servidores da Segurança Pública estão ocupando a Praça da Matriz contra o parcelamento. As entidades que compõem o Bloco da Segurança (Polícia Civil, Brigada Militar, Bombeiros, IGP e SUSEPE) estão exigindo uma agenda imediata com o governador Sartori/PMDB, para tratar do parcelamento dos salários.