Em votação apertada, CCJ vota pela admissibilidade da Reforma Administrativa

A reunião da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, desta terça-feira (25), aceitou a admissibilidade da PEC 32 (Reforma Administrativa). Com um resultado apertado, a base do governo conseguiu dar prosseguimento à tramitação da proposta no Congresso Nacional. O próximo passo é a discussão da PEC na Comissão que vai analisar o mérito da proposta. A votação de hoje, se restringiu à análise da constitucionalidade da proposta de Reforma Administrativa.

O resultado da votação de hoje, demonstra que a proposta do governo encontra resistência dentro do parlamento. A votação registrou 36 votos favoráveis e 29 votos contrários, uma margem apertada, considerando que estava sendo analisada a constitucionalidade da proposta, ou seja, se a PEC contrariava algum ponto definido na Constituição Federal. Agora, na hora da discussão do mérito da proposta, existe um campo muito maior de argumentação com os parlamentares. Por isso, é fundamental a manutenção da pressão sobre os deputados. Essa votação de hoje, é reflexo da grande pressão feita pelos servidores públicos em todos os níveis.

Assim que estiver definida a próxima Comissão que analisará a proposta, a UGEIRM divulgará os e-mails e telefones dos parlamentares, para que seja dada continuidade na Campanha de pressão sobre os parlamentares, particularmente sobre os deputados gaúchos.