Governo Sartori vai parcelar salários de maio

sec_grande
Secretário Giovani Feltes anunciou o parcelamento

O Secretário de Fazenda do Estado, Giovani Feltes, anunciou em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira (15), que o pagamento dos salários dos servidores do Estado referentes ao mês de maio será parcelado. De acordo com o Secretário, os valores até R$ 5.100,00 serão pagos dentro do calendário e o restante será quitado no dia 11 de junho.

É importante frisar que esse calendário é para o mês de maio, não tendo nada acertado para os outros meses. Para pagar os valores até R$ 5.100,00 o Governo atrasou o pagamento da parcela de R$ 280 milhões da dívida com a União. Ou seja, no mês que vem o caixa do Governo estará mais apertado ainda com o pagamento de duas parcelas da dívida, o que indica que o parcelamento dos salários poderá ser ainda maior.

A UGEIRM não concorda com o parcelamento, tendo, inclusive, garantido através de um Liminar Judicial o pagamento integral dos salários da Polícia Civil. De acordo com o advogado da UGEIRM, Dr. Rafael Coelho, as medidas são inconstitucionais, pois a garantia do pagamento dos salários dos servidores dentro do mês trabalhado está prevista na Constituição Estadual. A diretoria do sindicato já está reunida com a nossa assessoria jurídica, estudando as medidas judiciais cabíveis para garantir os direitos dos policiais.

Executivo novamente paga o pato

Mais uma vez a corda arrebenta do lado mais fraco. São os servidores do Executivo que, além de receber os menores salários do serviço público, vão ter que arcar com o parcelamento imposto pelo governo. Os salários do Judiciário e do Legislativo continuam intocados e preservados.

A Ugeirm  tomará todas as medidas judiciais cabíveis e se manterá mobilizada  para garantir o direito constitucional dos policiais civis de receber os salários em dia. No dia 08 de junho os agentes de polícia realizarão assembleia geral em Porto Alegre para deliberar sobre novas ações de mobilização.