Luciana Genro, candidata do PSOL à Prefeitura de Porto Alegre, visita a UGEIRM

luciana_ugeirmDando prosseguimento às reuniões da UGEIRM com os candidatos à prefeitura da Capital, a candidata do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), Luciana Genro, esteve na sede da UGEIRM para expor e discutir suas propostas para a prefeitura de Porto Alegre. Luciana estava acompanhada do presidente do PSOL em Porto Alegre, Roberto Robaina.

Luciana abriu a sua exposição, deixando claro que estava ali não só para apresentar as suas propostas, mas também para ouvir a UGEIRM, ressaltando a credibilidade que a entidade adquiriu nos últimos tempos na discussão sobre segurança e serviço público. Luciana afirmou que essa eleição representa uma oportunidade real de se realizar uma mudança verdadeira em Porto Alegre. Na sua visão, a sua candidatura representa a possibilidade real de os cidadãos de Porto Alegre influírem diretamente nos rumos da cidade. A candidata deixou claro que a sua principal proposta é criar canais concretos de participação popular. Fazendo um governo que produza políticas públicas a partir dos interesses e necessidades da população de baixa renda, dos jovens e de todos os setores que foram excluídos pela administração atual. A partir de uma forte crítica ao atual loteamento político da administração municipal, Luciana prometeu abrir a prefeitura para a participação da cidadania, além de realizar um firme combate à corrupção e apropriação da administração por interesses privados.

Em relação à Segurança Pública, Luciana ressaltou a importância das políticas municipais no combate a atual epidemia de violência que vive Porto Alegre. Dentro dessa responsabilidade, a candidata afirmou que pretende reformular completamente a Guarda Municipal (GM). Dando a ela condições de ter uma atuação efetiva no combate a violência, com uma integração real com a Brigada Militar e se aproximando de forma efetiva da comunidade. Além da GM, Luciana também afirmou que vai integrar a EPTC no sistema de segurança da prefeitura, utilizando sua estrutura para contribuir na prevenção ao crime. Para a candidata, a administração municipal tem um papel fundamental na prevenção da violência e não pode se omitir, como tem sido a postura da atual prefeitura.

Depois de várias colocações dos representantes da UGEIRM, Luciana e Robaina reafirmaram sua disposição de estabelecer um diálogo estreito com a UGEIRM e com as outras entidades da segurança pública. Sua intenção é construir uma política privilegiando a interlocução com os movimentos sociais, rompendo com a prática do loteamento partidária das estruturas do governo, que, na sua avaliação, foi a prática da administração Fortunati/Melo.

A UGEIRM lembra que essa série de encontros faz parte de num esforço do Sindicato para conhecer as propostas dos candidatos à prefeito de Porto Alegre e apresentar, também, as posições da UGEIRM na área de Segurança Pública. Até a eleição, o sindicato pretende ouvir todos os candidatos.