Mobilização da área de Segurança Pública já assusta o Governo

operacao_verao_pc

Na edição de hoje (18) do Jornal Correio do Povo, a coluna da jornalista Taline Oppitz traz a informação que o Governo está temeroso de enviar, para a Assembleia Legislativa, o Projeto que propõe o adiamento da implantação da Tabela de Subsídios dos trabalhadores da Segurança Pública. O motivo seria o início da Operação Golfinho e da Operação verão. De acordo com a colunista, o Governo teme que o envio do projeto crie uma clima de tensão maior ainda, inviabilizando a realização das operações, que estão marcadas para começar no dia 17 de dezembro. A ideia inicial do Governo é fazer uma convocação extraordinária da Assembleia Legislativa, para votar o PLC206/2015 e a reprogramação do calendário de implantação da Tabela de Subsídios da Segurança Pública.

As inscrições para a Operação Verão começarão nesta semana. A UGEIRM reitera a orientação para que os Policiais Civis não se inscrevam para participar. Para o presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, “precisamos manter a pressão sobre o Governo. Eles já acusaram o golpe e já estão em dúvida sobre o envio do projeto que adia a implantação da nossa Tabela de Subsídios. Se nos mantivermos firmes e não participarmos da Operação Verão, podemos garantir a manutenção do calendário de implantação da nossa Tabela. Além disso, um governo que parcela salários, não paga as promoções e atrasa o 130 Salário, tem grandes possibilidades de dar o calote nas nossas diárias. Chega a ser vergonhoso que esse governo convoque um policial para deixar sua cidade e se deslocar para o litoral, sem salário, sem hora extra e sem diária. Se algum policial sofrer alguma pressão para participar da Operação Verão procure a UGEIRM, nosso departamento jurídico estará à disposição para prestar toda a assistência para que os policiais tenham seu direito garantido”.