Policiais ocuparam Câmara dos Deputados em defesa da Aposentadoria Policial

Em ato de protesto em defesa de uma aposentadoria policial digna e justa, representantes dos Policiais Civis, Federais, Rodoviários Federais, Guardas Municipais e Socioeducativos, ocuparam, nesta segunda-feira (01), o Salão Verde da Câmara dos Deputados, em Brasília.

O objetivo dos manifestantes, é chamar a atenção para os ataques à Aposentadoria Policial, contidos na proposta de reforma da Previdência em tramitação na Câmara dos Deputados. O presidente da COBRAPOL, André Gutierrez, ressalta que essa manifestação é um desabafo dos policiais, ““estamos cansados de tanto empurra-empurra, desde a palavra não cumprida do presidente Bolsonaro até o compromisso não assumido pelas lideranças do governo no Congresso Nacional. O que queremos é tão-somente o direito a uma aposentadoria justa, através de um sistema diferenciado por conta da atividade de risco que exercemos e conforme os militares estão sendo tratados”.

Bolsonaro descumpriu palavra dada aos policiais

Durante o Ato dos policiais, realizado em Brasília nesta terça-feira (02), uma das palavras mais ouvidas foi “traidor”. Era a revolta da categoria com a quebra de palavra do presidente Bolsonaro. No dia 20 de maio, em reunião com uma Comissão de representantes de Policiais Civis, Federais e Rodoviários Federais, Jair Bolsonaro se declarou favorável a um tratamento isonômico entre os militares e os policiais e garantiu a inclusão da Emenda da Segurança Pública no relatório final da Comissão. A Emenda não foi incluída no Relatório e, agora, o presidente se cala, enquanto seus ministros Paulo Guedes e Onyx Lorenzoni se movimentam para barrar o Destaque 40. Por outro lado, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, articula para desidratar os votos dos deputados na Emenda 40. Não há outra palavra para definir a atitude de Bolsonaro, Onyx e Rodrigo Maia, que não seja traição.

Equipe Econômica pressiona contra Destaque da Segurança Pública

Nos últimos dias, a equipe econômica, chefiada pelo Ministro Paulo Guedes, tem intensificado a pressão sobre os parlamentares, para que rejeitem o Destaque 40 da Segurança Pública, apresentada pelo deputado Hugo Leal (PSD-RJ), a pedido da COBRAPOL. O Destaque da Emenda 145/2019 à PEC 6/2019 (Reforma da Previdência), procura garantir regras isonômicas para aposentadoria dos policiais em relação aos militares.

Essa pressão tem levado uma parte da Bancada dos partidos aliados a ensaiar uma rebelião e ameaçar, até mesmo, votar contra a reforma da Previdência como um todo. Porém, mesmo com o descontentamento de uma parte dos deputados do PSL e do PSD, o presidente Bolsonaro continua se omitindo. Em declaração à imprensa, reafirmou o discurso vago de que está “tratando do assunto”, enquanto diz que todos terão que dar sua cota de sacrifício. Provavelmente, já preparando o terreno para a não inclusão do Destaque 40 no relatório da Comissão Especial.

Relator não incluiu Emenda 40 em sua complementação de voto

No fim da tarde desta terça-feira (02), o relator da Comissão Especial da reforma da Previdência fez a leitura da sua complementação de voto. Seguindo a pressão da equipe econômica do governo, não foi incluída a Emenda 40, do deputado Hugo Leal (PSD-RJ), que contemplava a isonomia dos policiais com os militares na reforma da Previdência. A votação do relatório deve ocorrer ainda na quarta-feira.

Policiais precisam aumentar pressão sobre os deputados

A aprovação do Destaque na Comissão Especial é fundamental. Para isso, os policiais precisam contrabalançar a pressão da equipe econômica, com uma forte pressão sobre os deputados da Comissão em suas bases eleitorais. A UGEIRM está orientando os policiais a enviarem mensagens aos deputados, via e-mail e WhatsApp, demonstrando os males que essa proposta trará para a segurança pública e os (as) profissionais da segurança pública. Abaixo segue uma sugestão de texto para ser enviado aos parlamentares.

Sr. (a) Parlamentar

O projeto de reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, ataca de forma cruel os policiais civis do país. Esses trabalhadores, que dedicam sua vida a garantir a segurança da população brasileira, terão, caso essa proposta seja aprovada sem alterações, a pior aposentadoria policial do mundo. Nesse sentido, pedimos seu voto na Proposta de Destaque da Emenda 145/2019 à PEC 6/2019, apresentado pelo deputado Hugo Leal (PSD-RJ). Esse Destaque garante a isonomia da aposentadoria policial à aposentadoria dos Militares.

Nesse momento, em que toda a Nação se preocupa com a violência que foi responsável pela morte de mais de 60.000 brasileiros em 2017, atacar a aposentadoria dos policiais é uma temeridade, que terá como consequência uma deterioração ainda maior da segurança da população brasileira. Com certeza, seu voto favorável aos policiais será lembrado pelo povo brasileiro, como um ato de defesa da segurança pública do país.

Atenciosamente,

Relação de e-mails dos deputados da Comissão da reforma da Previdência (copie e cole os endereços no campo CCO).

dep.alesilva@camara.leg.br, dep.abouanni@camara.leg.br, dep.alexandrefrota@camara.leg.br, dep.alinesleutjes@camara.leg.br, dep.biakicis@camara.leg.br, dep.bibonunes@camara.leg.br, dep.cabojunioamaral@camara.leg.br, dep.carlazambelli@camara.leg.br, dep.carlosjordy@camara.leg.br, dep.carolinedetoni@camara.leg.br, dep.charllesevangelista@camara.leg.br, dep.christonietto@camara.leg.br, dep.coronelarmando@camara.leg.br, dep.coronelchrisostomo@camara.leg.br, dep.coroneltadeu@camara.leg.br, dep.danielfreitas@camara.leg.br, dep.danielsilveira@camara.leg.br, dep.delegadoantoniofurtado@camara.leg.br, dep.delegadomarcelofreitas@camara.leg.br, dep.delegadopablo@camara.leg.br, dep.delegadowaldir@camara.leg.br, dep.dr.luizovando@camara.leg.br, dep.dra.sorayamanato@camara.leg.br, dep.eduardobolsonaro@camara.leg.br, dep.eneiasreis@camara.leg.br, dep.fabioschiochet@camara.leg.br, dep.feliciolaterca@camara.leg.br, dep.felipefrancischini@camara.leg.br, dep.filipebarros@camara.leg.br, dep.filipebarros@camara.leg.br, dep.generalpeternelli@camara.leg.br, dep.guigapeixoto@camara.leg.br, dep.gurgel@camara.leg.br, dep.heitorfreire@camara.leg.br, dep.heliolopes@camara.leg.br, dep.joicehasselmann@camara.leg.br, dep.julianlemos@camara.leg.br, dep.juniorbozzella@camara.leg.br, dep.leomotta@camara.leg.br, dep.loestertrutis@camara.leg.br, dep.lourivalgomes@camara.leg.br, dep.lucianobivar@camara.leg.br, dep.luizlima@camara.leg.br, dep.luizphilippedeorleansebraganca@camara.leg.br, dep.majorfabiana@camara.leg.br, dep.majorvitorhugo@camara.leg.br, dep.marcelobrum@camara.leg.br, dep.marciolabre@camara.leg.br, dep.nelsonbarbudo@camara.leg.br, dep.nereucrispim@camara.leg.br, dep.nicoletti@camara.leg.br, dep.professorjoziel@camara.leg.br, dep.professoradayanepimentel@camara.leg.br, dep.sanderson@camara.leg.br.