Policial Civil amazonense, em tratamento da Covid-19 no nosso estado, agradece suporte da UGEIRM

No início de fevereiro, um grupo de amazonenses, em tratamento da Covid-19, foi transferido para o Hospital Regional de Santa Maria. A remoção para o nosso estado, se deu pelo colapso do sistema de saúde do Amazonas. Entre os quinze pacientes transferidos para Santa Maria, estava o Policial Civil Samuel Braga.

Rede de Solidariedade deu suporte e acolhimento aos pacientes

Ao saber da transferência de Samuel Braga para Santa Maria, uma colega Policial Civil do Amazonas, entrou em contato com Associado da UGEIRM, o Policial Civil aposentado Luiz Orlando Pereira de Cruz Alta, informando sobre a transferência e pedindo um suporte ao colega e à sua família, que teve que permanecer no Amazonas. O representante do sindicato, imediatamente, entrou em contato com a UGEIRM e, a partir daí, foi criada uma rede de solidariedade dos Policiais Civis gaúchos, não só a Samuel e sua família, como aos demais amazonenses transferidos para Santa Maria.

Quando entrou no Hospital Regional, Samuel estava com 80% do seu pulmão comprometido. O trabalho dos profissionais de saúde de Santa Maria, conseguiu combater a doença e, atualmente, Samuel, assim como os demais pacientes amazonenses, se recuperam bem da doença. O colega fez questão de salientar a importância do acolhimento da UGEIRM e todo o suporte prestado pelo sindicato. Agradeceu, particularmente, a intervenção do sindicato, garantindo a comunicação de Samuel com sua família que permaneceu no Amazonas.

Três dias de barco para se tratar da Covid-19

Em seu relato enviado à UGEIRM, Samuel conta que teve que viajar três dias de barco, da cidade de Maraã, onde estava lotado, até a capital do estado. Chegando em Manaus, no dia 1º de fevereiro, foi imediatamente internado no SPA São Raimundo. Com o saturamento total do sistema de saúde do estado, foi oferecido à Samuel a possibilidade de ser transferido para fora do estado. Então, no dia 2 de fevereiro, Samuel foi transferido, junto com os outros pacientes para Santa Maria.

Samuel alerta para a gravidade da Covid-19. “Se cuidem, porque a gente às vezes fica incrédulo para certas situações e só passa a acreditar quando acontece com a gente. A gente tem que agradecer pelo oxigênio, que é uma coisa tão abundante na natureza e que agora fica tão escassa”, alerta Samuel.

O presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, ressalta a importância da solidariedade nesse momento difícil que passamos. “A atitude do sindicato não foi nenhum ato de heroísmo, ou algo excepcional, foi apenas uma ação que está em consonância com a história da UGEIRM. Além da luta em defesa dos (as) policiais civis, a UGEIRM tem o compromisso com a solidariedade a qualquer pessoa. Nesse momento tão difícil que passamos, esse compromisso se torna ainda mais importante. O sindicato continuará prestando toda a assistência, dentro das suas possibilidades, a qualquer colega que necessite. Quando ouvimos o depoimento e os agradecimentos do Samuel, temos a certeza que a atuação do sindicato está no caminho certo. É muito gratificante vermos a recuperação do colega e dos demais pacientes, sabendo que parte dessa recuperação é resultado da solidariedade não só da UGEIRM, mas de toda a nossa categoria”.

Clique aqui e ouça o áudio enviado por Samuel à UGEIRM.