Portaria do governo regulamenta trabalho da PC durante a pandemia de COVID-19

A Chefia da Polícia Civil publicou, na tarde desta terça-feira (17), uma Portaria com as orientações sobre o funcionamento da Polícia Civil durante a pandemia de COVID-19. Entre as medidas tomadas estão a restrição do atendimento presencial nas DPPAs até o dia 31 de março, a possibilidade de teletrabalho por parte dos (as) Policiais Civis, revezamento da jornada de trabalho, suspensão por 45 dias das férias e licenças prêmio e especial, entre outras previdências.

Infelizmente, uma das reivindicações apresentadas pela UGEIRM não foi adotada pelo governo. A retirada de todos os presos das celas das delegacias é uma medida urgente, como forma de proteção dos (as) Policiais Civis. A situação atual, onde as celas estão lotadas, em locais sem nenhuma condição de funcionamento, sem ventilação, com pessoas amontoadas em espaços mínimos, sem condições mínimas de higiene, é um convite para o contágio pelo COVID-19. O departamento jurídico da UGEIRM já está preparando uma medida judicial, para impedir esse absurdo e cobrar do governo uma medida imediata.

Os (as) Policiais Civis estão fazendo a sua parte, contribuindo para garantir a segurança da população, mesmo em um momento como o que vivemos. O que mínimo que se espera do governo, é que garanta a segurança para que esses profissionais executem seu trabalho que é fundamental para a população, nesse momento de crise. Manter presos em Delegacias, colocando a vida dos (as) policiais em risco, vai contra qualquer sinal de bom senso, exigido de quem deve governar o nosso estado.

Clique aqui e faça o download da íntegra da Portaria regulamentando o trabalho policial durante a pandemia do COVID-19.