Secretário de segurança visita a UGEIRM e se mostra aberto ao diálogo

schirmer_ugeirm2Na sexta-feira (30), o Secretário Estadual de Segurança, Cezar Schirmer, fez uma visita à UGEIRM. O Secretário abriu o encontro saudando a direção da UGEIRM e sua base, ressaltando que essa visita faz parte de uma série de encontros que teve com as diversas entidades de classe da segurança pública. Em sua fala, Schirmer lembrou que a discussão da Segurança Pública está no centro do debate hoje, não só no Rio Grande do Sul, mas em todo o país. Isso se deve ao fato da segurança Pública ser um tema que permeia toda a sociedade, independente de classe social. O Secretário afirmou que, devido a essa centralidade, o combate à violência deve ser resultado de uma ação conjunta de todas as esferas de governo, municipal, estadual e federal. No que se refere à atuação do governo estadual, Schirmer garantiu que todos os esforços serão feitos para diminuir tanto a violência, com o a própria sensação de violência que vive hoje o povo gaúcho.

schirmer_ugeirm1O presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, saudou a visita, lembrando que é muito importante essa abertura de diálogo feita pelo Secretário, ao visitar as entidades da Segurança Pública. Porém, Ortiz deixou claro que a UGEIRM tem se colocado, de forma clara e aberta, contrária à política implementada pelo Governo Sartori/PMDB na área da segurança Pública. Ressaltando que isso não impedirá a entidade de ser parceira na busca de soluções para verdadeira epidemia de violência que atingiu o nosso estado. Em seguida, foram apresentados alguns pontos elencados no documento entregue ao Secretário pela UGEIRM, contendo reivindicações e propostas para a segurança pública. Abaixo serão elencados os principais pontos tratados e as respostas do Secretário. A íntegra do documento pode ser lida no link ao final da matéria.

Parcelamento dos salários

A UGEIRM colocou que a questão que atinge mais diretamente os policiais hoje, é o parcelamento dos salários dos servidores públicos. Essa realidade tem levado a uma baixa no moral dos policiais, levando, inclusive, a vários policiais abandonarem a carreira, por não suportarem mais conviver com a insegurança sobre o recebimento dos seus salários no fim do mês. Cezar Schirmer afirmou que entende a gravidade do problema, mas que essa é uma questão de caixa do governo e que o governador tem trabalhado para tentar resolvê-la.

Promoções

Sobre as promoções, o Secretário disse que vai analisar a situação e se pronunciar. Cezar Schirmer afirmou que sabe da existência um calendário e da importância que isso tem para a Polícia Civil, se comprometendo a fazer o possível para que ele seja cumprindo.

Situação das carceragens

A partir da colocação do vice-presidente da UGEIRM, Fábio Castro, que lembrou ao Secretário que o nosso estado sempre foi uma referência nacional, por não aceitar presos em delegacias, e que se nenhuma providência for tomada, corremos o risco de vermos os policiais transformados em carcereiros. O Secretário afirmou que o governo está fazendo todos os esforços para conseguir mais vagas no sistema penitenciário. Salientando que essa é uma questão que tem preocupado muito o governo e que ele, pessoalmente, é contrário à permanência de presos nas delegacias, por entender o risco que isso representa para os policiais e para a população. Para a solução definitiva, o governo já está viabilizando a contratação de pessoal para a SUSEPE, através da abertura de concurso público.

Reaproveitamento dos servidores inativos

Sobre a convocação dos aposentados, o Secretário afirmou que essa é uma questão que já está em estudo no governo, podendo ser implementada. Até pela dificuldade do governo em garantir o pagamento do adicional de permanência, essa pode ser uma alternativa para amenizar a falta de efetivo na Polícia Civil.

Recomposição de pessoal

Quanta à falta de efetivo, o secretário reconheceu que esse é um problema grave e que a convocação dos aposentados não será capaz de suprir a demanda. Nesse sentido, Schirmer informou que estão sendo feitos estudos sobre a possibilidade de realização de novo concurso público para a Polícia Civil.

Convocação dos concursados

Foi apresentada ao Secretário, a proposta de unificar as duas turmas restantes de concursados, convocando-as imediatamente. O Secretário afirmou que essa questão já está sendo estudada e que existe uma boa possibilidade de ser implementada.

O encontro foi encerrado com a entrega, formal, do documento elaborado pela UGEIRM ao Secretário de Segurança

Para o Presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, “o encontro foi positivo, no sentido de abrir um canal de diálogo do sindicato com o governo. Porém, esse diálogo só vai servir para alguma coisa se o governo, realmente, mudar a sua política de segurança e a sua política em relação aos servidores. Qualquer solução para violência no nosso Estado passa, necessariamente, pelo fim do parcelamento dos salários e pela retomada dos investimentos em segurança. Isso foi colocado para o Secretário e sentimos que existe uma vontade por parte dele para que essas situações sejam resolvidas. Porém, sabemos que isso não depende apenas dele. Vai depender de uma política de governo e da vontade do próprio governador Sartori”.

Clique aqui e veja o documento entregue ao secretário