‘Secundas’, sobre ocupações em escolas, vence mostra de curtas gaúchos do Festival de Gramado

Da Redação

O documentário “Secundas”, do diretor Cacá Nazário, que retrata o movimento de ocupações escolares ocorrido no Rio Grande do Sul, em 2016, foi escolhido o melhor filme da mostra de curtas-metragens gaúchos, entregue pela Assembleia Legislativa, na noite deste domingo (20), no 45º Festival de Cinema de Gramado. O filme também recebeu o prêmio Cia Rio no valor de oito mil reais em locações de equipamentos da Naymar.

No curta, Nazário busca reconstruir o movimento de ocupações nas escolas estaduais a partir de depoimentos de estudantes e de imagens cedidas feitas durante os mais de 40 dias em que o movimento durou no Estado. Entre os entrevistados, está o jornalista Matheus Chaparini, do Jornal Já, que foi preso enquanto cobria um protesto de estudantes na Secretaria da Fazenda (Sefaz), em 15 de junho de 2016. Ele também cedeu imagens que fez dentro do prédio para o documentário.

Outros 12 filmes foram premiados na mostra, o Troféu Assembleia Legislativa, que distribuiu R$ 45 mil em prêmios. Ainda na noite de domingo, também foram premiados os vencededores do Prêmio Aquisição da TVE (“Gestos”, de Alberto Goldim e Júlia Cazarré) e o Prêmio do Júri da Crítica (“Sob Águas Claras e Inocentes”, de Emiliano Cunha), além de duas menções honrosas.

Confira a seguir todos os premiados deste domingo.

Troféu Assembleia Legislativa

Melhor filme: “Secundas”, de Cacá Nazario
Melhor direção: Emiliano Cunha por “Sob Águas Claras e Inocentes”
Melhor ator: João Pedro Prates em “1947”
Melhor atriz: Mariana Yomared em “Yomared”
Melhor roteiro: Gabriel Honzik por “Temporal”
Melhor fotografia: Carine Wallauer por “Temporal”
Melhor direção de arte: Eduardo Reis por “Solito”
Melhor música: Mariana Yomared e Banda da Convenção de Malabares de Florianópolis em “Yomared”
Melhor montagem: Lufe Bollini em “Yomared”
Melhor edição de som: Ivan Lemos e Thiago Gautério por “Temporal”
Melhor produtor: Ausang, Davi De Oliveira Pinheiro, Emiliano Cunha e Pedro Guindani por “Sob Águas Claras e Inocentes”
Menção honrosa: ao elenco do filme “Sob Águas Claras e Inocentes”, de Emiliano Cunha

Prêmio Aquisição TVE

Vencedor: “Gestos”, de Alberto Goldim e Júlia Cazarré
Menção honrosa: “Sena, o fio em prosa” de Marcelo da Rosa Costa e Cacá Sena

Prêmio do Júri da Crítica

Vencedor: “Sob Águas Claras e Inocentes”, de Emiliano Cunha

Fonte: Sul21