Tarifa de ônibus de Porto Alegre reduz R$ 0,15; lotação passa a custar R$ 6,40

Da Redação / Sul21

As tarifas de ônibus e lotação de Porto Alegre ficaram, respectivamente, R$ 0,15 e R$ 0,20 mais baratas nesta segunda-feira (9). A redução na tarifa ocorreu após o Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) aprovar, por unanimidade, a proposta de extinção do repasse de 3% do preço da tarifa para a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) a título de remuneração pelo custo do gerenciamento da Câmara de Compensação Tarifária (CCT), que representava justamente R$ 0,15.

A extinção da taxa de remuneração da CCT foi aprovada em 16 de setembro pela Câmara de Vereadores e sancionado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) em 4 de novembro. A proposta fez parte do pacote de medidas para o transporte coletivo encaminhadas pelo prefeito à Câmara em janeiro deste ano, que envolvia, entre outras coisas, a criação de uma tarifa de congestionamento e dano ambiental para acesso ao Centro Histórico, para reduzir o preço da tarifa.

Contudo, o pacote não foi votado pelos vereadores no início do ano e a extinção taxa de remuneração foi a única a ser analisada pelo parlamento municipal.

Como a legislação municipal determina que o valor da tarifa do transporte seletivo por lotação é calculado de forma proporcional à passagem de ônibus em Porto Alegre, a Prefeitura também decretou a redução, de R$ 6,60 para R$ 6,40.

Os novos valores entraram em vigor já nesta segunda, a menos de uma semana do primeiro turno das eleições municipais.