UGEIRM cobra Vice-governador a respeito da publicação da Promoções da PC

A direção da UGEIRM enviou, nesta quinta-feira (15), um Ofício ao Vice-governador Delegado Ranolfo Vieira Jr., solicitando um posicionamento do governo a respeito da publicação das Promoções da Polícia Civil. No documento, a direção do sindicato salienta a as dificuldades enfrentadas pela categoria nos últimos anos e que se acentuaram com a Pandemia do Novo Coronavírus. Diante desse quadro, a UGEIRM encerra o Ofício apelando ao Vice-governador para que sejam efetivadas, o mais rápido possível, as Promoções dos Policiais Civis.

A UGEIRM pretende intensificar, nos próximos dias, a mobilização reivindicando a publicação imediata das promoções da Polícia Civil pelo governo do estado.

Veja, abaixo, a íntegra do Ofício:

Ofício nº 26/2021 Porto Alegre, 15 de abril de 2021.
Ao Excelentíssimo
Senhor Ranolfo Vieira Jr.
Vice-Governador do Estado do Rio Grande do Sul
Assunto: Promoções da Policia Civil

Senhor Vice-Governador:

Nos dirigimos a Vossa Excelência para dialogar acerca do atraso da publicação das promoções da polícia civil. Os policiais civis sofreram com os anos de atraso e parcelamento nos salários. O histórico déficit de efetivo que, adicionado ao cada vez maior acúmulo de trabalho, costuma afetar de forma muito acentuada o psicológico da categoria, como bem sabe Vossa Excelência, tendo em vista a sua vasta experiência como policial civil. Mesmo nesse cenário de dificuldades, a polícia civil não deixou de prestar o serviço de que dela espera a sociedade. Uma prova disso, são as indiscutíveis melhoras nos índices de criminalidade em nosso estado, fruto do trabalho e da capacidade de superação dos e das policiais civis do RS.

Na esteira desse processo de desgaste, fomos impactados pelo surgimento da pandemia de Covid-19. Essa tragédia afetou de maneira muito dura e de maneira indistinta a sociedade; de uma hora para outra, assistimos a completa paralisia dos mais variados segmentos, tanto da iniciativa privada quanto do serviço público. As medidas de controle de circulação e manutenção do distanciamento social se tornaram peças fundamentais na estratégia de combate à pandemia. Novamente, a polícia civil, que nunca parou, teve papel fundamental na manutenção da ordem e na garantia do cumprimento dos vários decretos que determinavam a restrição do funcionamento de bares, restaurantes e correlatos. Acúmulo de trabalho, portanto.

Esse esforço extra teve reflexos muito duros para nós: Desde o início da pandemia, mais de 1200 afastamentos se deram no âmbito da polícia civil em virtude do adoecimento por Covid-19, muitos dos doentes sofrem até hoje com as sequelas decorrentes da doença e quatro policiais civis da ativa perderam a vida após contrair covid-19.

O fato, senhor Vice-Governador, é que que a polícia civil é um dos pilares que ajudaram a mitigar os efeitos terríveis da pandemia e merecem ter o devido reconhecimento, representado na publicação das tão esperadas promoções. A garantia de que seriam publicadas em dezembro, adiadas para final de março e, novamente, não concretizadas, tem gerado na categoria ansiedade e apreensão generalizadas.

Gostaríamos, portanto, de apelar a Vossa Excelência para que o governo anuncie, de fato, quando serão efetivadas as promoções para que, possamos, quem sabe, celebrar o dia do policial civil com o devido reconhecimento do intenso trabalho produzido pelos profissionais da polícia civil gaúcha.

Atenciosamente