UGEIRM reúne com entidades da Polícia Civil para debater a mobilização por reposição salarial

A direção da UGEIRM participou, na tarde desta terça-feira (16), de uma reunião com as entidades da Polícia Civil, para debater, entre outros assuntos, a mobilização pela reposição salarial dos Policiais Civis gaúchos.

A reunião, que aconteceu na Sede da Asdep, contou com a participação de representantes da própria Asdep, da ACP/RS e do Sinpol/RS, além da direção da UGEIRM. As entidades fizeram uma avaliação do andamento da Campanha Salarial. A partir dessa avaliação, as entidades deliberaram pela elaboração de um documento, a ser encaminhado ao governo do estado, solicitando um posicionamento em relação às reivindicações apresentadas na última reunião com o governo, entre elas a reposição da inflação do período e a equiparação dos Comissários com os Capitães da Brigada Militar.

Outra preocupação levantada na reunião, foi em relação ao estabelecimento do teto de gastos no serviço público do estado. Na avaliação dos representantes das entidades, essa questão tem causado uma grande apreensão na categoria. Uma vez que o estabelecimento desse teto, pode significar uma dificuldade ainda maior na concessão da reposição salarial da categoria, representando mais perdas salariais para os (as) Policiais Civis gaúchos (as).

No documento a ser encaminhado ao governo, as entidades vão demonstrar a sua preocupação com a votação do teto de gastos, particularmente com a pressa com que essa discussão está sendo encaminhada na Assembleia Legislativa. Essa questão é muito importante e precisa ser debatida com os servidores públicos do estado, não se justificando, portanto, o encaminhamento em Regime de Urgência. Além desse questionamento ao governo, as entidades também decidiram procurar as outras forças políticas do estado, para fazer uma discussão mais aprofundada em relação a esse projeto.