Conheça os destaques que estarão no 14º Festival Palco Giratório em maio

Depois de uma edição frondosa em 2018, o Festival Palco Giratório Sesc/POA ocorrerá neste ano com orçamento reduzido, procurando fortalecer o conceito de mediação cultural e continuando a colocar em pauta a representatividade. A 14ª edição do evento – um dos mais importantes festivais de artes cênicas do Estado – será realizada entre 3 e 25 de maio, em diversos espaços de Porto Alegre, e a venda de ingressos começa nesta quinta-feira (11), com valores entre R$ 15 e R$ 40.

Estarão na programação o musical Elza (dias 10 e 11/5 no Theatro São Pedro), sobre a vida de Elza Soares, encenado por Duda Maia com arranjos de Letieres Leite; Cérebro Coração (dias 18 e 19/5 no Teatro Renascença), peça escrita e estrelada por Mariana Lima com direção de Enrique Diaz e Renato Linhares; e Ordinários (dias 23 e 24/5 no Teatro Renascença), espetáculo do grupo circense La Mínima (SP), criado por Domingos Montagner (1962-2016) e Fernando Sampaio, que integra o elenco ao lado de Fernando Paz e Filipe Bregantim.

Entre as apostas da curadoria estão as peças A Invenção do Nordeste (3 e 4/5 no Teatro do Sesc Centro), do Grupo Carmin (RN), que questiona o estereótipo sobre a região a partir de uma autoficção sobre dois atores norte-rio-grandenses que disputam um papel de nordestino; Isto É um Negro? (dias 23 e 24/5 na Sala Álvaro Moreyra), do grupo E Quem É Gosta? (SP), que reflete sobre o que é ser negro no Brasil e sobre racismo a partir das obras de diferentes pensadores; e Navalha na Carne Negra (dias 18 e 19/5 na Sala Álvaro Moreyra), recriação do texto de Plínio Marcos pelo diretor José Fernando Peixoto de Azevedo.

A seleção de 49 espetáculos evidencia um olhar atento para a representatividade, levando à cena temas ligados à negritude, ao gênero e aos povos indígenas, como destaca Jane Schoninger, coordenadora do festival:

— A questão do lugar de fala sempre esteve presente de alguma forma, e agora está mais consciente. O público quer se ver representado de alguma forma, quer dialogar sobre temas que lhe são caros, doídos ou alegres. É impossível não tratar dessas questões. Precisamos possibilitar essa conversa, e os espetáculos trazem isso fortemente.

Assim, o Palco Giratório pretende consolidar um trabalho de mediação cultural, ou seja, de reflexão crítica sobre a cena, por meio de conversas após as sessões, rodas de bate-papo, seminário com a Pós em Artes Cênicas da UFRGS e, pela primeira vez, um ponto de encontro no Centro Municipal de Cultura (Av. Erico Verissimo, 307), com DJ aos sábados nos dias 4, 11, 18 e 25 de maio.

O momento é para pensar em rede, defende Jane, destacando as parcerias com o projeto Transit, do Instituto Goethe e do site Agora Crítica Teatral (estreia de duas montagens baseadas em texto do austríaco Thomas Köck), com o projeto Ponto de Teatro, do Instituto Ling (estreia Homem de Lugar Nenhum, com Zé Adão Barbosa e Renato Del Campão), e com a Pós da UFRGS no seminário e no projeto Mostra em Pesquisa, com sessões gratuitas.

14º Festival Palco Giratório Sesc/POA

Começam a ser vendidos nesta quinta (11) os ingressos para o evento, que será de 3 a 25 de maio em diferentes espaços de Porto Alegre.

Preços: R$ 15 (categoria Comércio e Serviços do Cartão Sesc/Senac, categoria Empresários com Cartão Sesc/Senac, estudantes, classe artística e maiores de 60 anos) e R$ 30 (público geral), exceto o espetáculo Elza, cujos ingressos têm os seguintes valores: R$ 20 (categorias descritas acima) e R$ 40 (público geral).

Pontos de venda: todas as unidades Sesc no Estado e, com taxa, pelo site sesc-rs.com.br/palcogiratorio. O atendimento no Sesc Centro, em Porto Alegre, é de segunda a sexta, das 8h às 19h45min, e aos sábados, das 8h às 13h.

Havendo disponibilidade, os ingressos serão vendidos uma hora antes de cada sessão na bilheteria do local da apresentação. Os ingressos para espetáculos no Sesc Centro são vendidos no local, nos dias de semana, até o horário de início e, nos finais de semana, as vendas são encerradas às 13h e retornam uma hora antes da sessão.

Em caso de chuva, os espetáculos de rua podem sofrer alteração. Confira informações e a programação no site sesc-rs.com.br/palcogiratorio.