Bloco da Segurança faz novo protesto no Aeroporto de Porto Alegre nesta sexta (14)

morte_aeroportoNesta sexta-feira (14), às 10 horas, as entidades que integram o Bloco da Segurança Pública realizarão um novo Ato no aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre. O Ato Público tem como objetivo denunciar, mais uma vez, a violência crescente que tem tomado o nosso estado. Somente na madrugada de terça (11) para quarta (12), seis pessoas foram assassinadas na Capital. O roubo de carros chegou ao absurdo número de 106 veículos roubados por dia no estado, o que dá a estratosférica média de 1 veículo a cada 14 minutos. A Força Nacional virou motivo de piada em Porto Alegre. São os famosos vigias de posto de gasolina. Enquanto isso, o governo Sartori/PMDB continua desrespeitando as decisões da justiça e parcelando os salários dos policiais.

É a segunda vez que o Bloco da Segurança faz uma manifestação no aeroporto. Da outra vez, dias depois uma funcionária foi morta após um assalto nas dependências do aeroporto. De lá para cá, nenhuma medida foi tomada pelo governo Sartori/PMDB.

Essa volta ao aeroporto tem um valor simbólico. Foi nesse local que os bandidos decretaram a falência da segurança Pública no nosso estado. Após o assassinato da funcionária, dois criminosos entraram no aeroporto e executaram, em plena luz do dia, um jovem de 18 anos na frente de todas as pessoas que ali se encontravam. Parecia uma cena de série de TV. Sem se importar com câmeras de segurança, nem com a imprensa que estava no aeroporto para cobrir a chegada do novo técnico de um clube de futebol, os bandidos mostraram que o crime não enxerga mais limites para agir.

Porém, essa violência não é resultado do aumento de coragem dos bandidos. Ela é resultado do enfraquecimento das forças de segurança do estado, causado pelo total desmonte patrocinado pelo governo Sartori/PMDB, desde que assumiu. O corte dos investimentos em segurança pública, o parcelamento dos salários, a não contratação de novos policiais, todas essas medidas levaram ao caos que vemos no Rio Grande do Sul.

Contra essa situação e para tentar chamar a atenção da população para os verdadeiros responsáveis pelo medo que aterroriza o povo gaúcho, é que as entidades representativas da Polícia Civil, Brigada Militar, SUSEPE, Bombeiros e IGP, estarão no aeroporto Salgado Filho nessa sexta-feira (14), a partir das 10 horas da manhã