DPPA de Novo Hamburgo, com 24 presos, enfrenta tentativa de rebelião

A direção da UGEIRM está, nesse momento, na DPPA de Novo Hamburgo acompanhando a situação preocupante de superlotação da sua carceragem. No momento, 24 presos se amontoam na Delegacia, sem as mínimas condições de segurança. Depois do que aconteceu no DEIC no último fim de semana, quando os presos balearam um agente e fugiram da carceragem. O risco de uma nova tragédia é iminente.

Presos aguardam no saguão, para conseguir vaga.

Em conversa com os policiais de plantão, a direção da UGEIRM foi informada que já ocorreu uma tentativa de fuga e, o mais preocupante, mais presos estão a caminho da DPPA, tornando a situação mais caótica ainda.

Uma providência precisa ser tomada o mais rápido possível, pois não existem condições de trabalho para os agentes de plantão na DPPA. A direção da UGEIRM está se movimentando para conseguir uma solução definitiva para essa situação insustentável. Nesta terça-feira (25), o sindicato fará uma reunião do seu Conselho de Representantes, em Santa Maria, para discutir as ações da categoria em relação à essa questão. Além disso, a direção da UGEIRM está tentando, junto com a OAB/RS, uma reunião com o presidente do Tribunal de Justiça do RS, afim de cobrar uma posição concreta do judiciário em relação a esse claro desrespeito às decisões judiciais. É importante lembrarmos, que o próprio Tribunal de Justiça já tem uma decisão que ordena ao governo do estado o esvaziamento imediato das carceragens das delegacias do estado.