Policiais Civis farão paralisação e Sirenaço em protesto por morte de policial

A UGEIRM está convocando uma paralisação dos(as) policiais civis, nesta quinta-feira (03), a partir das 8 horas da manhã. A paralisação será em protesto pela morte do Inspetor de Polícia Leandro de Oliveira Lopes e se estenderá até as 18 horas. Leandro foi morto nesta quarta-feira (2), quando participava de uma Operação Policial para cumprimento de um mandado de captura de um traficante, em São Sebastião do Caí.

O sindicato está convocando todos(as) os(as) Policiais Civis da Capital e Região Metropolitana para se concentrarem na frente do Palácio da Polícia, a partir das 8 horas. No local será feita uma homenagem ao colega e os policiais partirão para participar do sepultamento de Leandro, que acontecerá em Guaíba em horário ainda a ser divulgado.

A orientação da UGEIRM é para que os Policiais paralisem as atividades, mantendo apenas o atendimento dos flagrantes e casos de maior gravidade, tais como: latrocínios, homicídios, estupros, ocorrências envolvendo crianças, adolescentes e idosos e Lei Maria da Penha. O sindicato também orienta os(as) policiais do interior do estado, a permanecerem na frente das delegacias, informando à população os motivos da paralisação.

No horário do sepultamento, a UGEIRM está convocando os policiais de todo o Estado a realizarem um grande Sirenaço para homenagear o colega Leandro Lopes. Assim que for divulgado o horário, o sindicato informará através da sua página no facebook e enviará mensagem pelo whatsapp convocando para o Sirenaço.