UGEIRM faz doação de 1800 máscaras para Operações Serra, Fronteira e Verão

A direção da UGEIRM realizou, nessa quinta-feira (05), a doação de 1800 máscaras de proteção contra a Covid-19 para o DPI (Departamento de Polícia do Interior). O material de proteção será utilizado pelos (as) Policiais Civis durante as Operações Serra, Fronteira e Serra. O DPI foi representado na solenidade de entrega das máscaras, pelo Delegado Joerberth Pinto Nunes, Diretor do Departamento.

Na ocasião, o Delegado reafirmou a importância da doação da UGEIRM, para que a Instituição continue respeitando todos os protocolos de segurança. O Delegado Joerberth lembrou que as atividades desenvolvidas durante as Operações serão variadas (plantão, cartório, volante, etc.), todas envolvendo o contato com o público e algum risco de contágio pelo Novo Coronavírus. A utilização de máscaras de qualidade é fundamental para a segurança dos (as) Policiais.

As máscaras, doadas pela UGEIRM, são fabricadas com um tecido mais leve do que o normalmente utilizado nesse tipo de equipamento. Portanto, são as mais indicadas para serem utilizadas no verão, trazendo um maior conforto para os (as) policiais e facilitando a utilização por um período de tempo maior.

A doação realizada pela UGEIRM é mais uma demonstração da preocupação com a segurança dos (as) Policiais, que o sindicato demonstrou desde o início da Pandemia. Anteriormente já haviam sido realizadas outras doações, além da campanha de arrecadação de contribuições para a compra de respiradores que, posteriormente, foram revertidas para a compra de equipamentos para a Policlínica de Porto Alegre. A 2ª Vice Presidente da UGEIRM, Neiva Carla, que estava presente na entrega das máscaras, destacou a importância desse tipo de atuação do sindicato. “Desde o início da Pandemia, o sindicato sempre demonstrou que a principal preocupação da entidade é que os (as) policiais Civis executem suas atividades, que são essenciais para a população, de forma segura. Por isso pressionamos o governo para que garanta as condições ideais de trabalho, mas também atuamos para auxiliar nessa tarefa, em um momento excepcional como o que vivemos. Sempre que puder, o sindicato vai estar a disposição para garantir a saúde e a segurança dos (as) Policiais Civis e da população”, encerra Neiva Carla.