UTIs de Porto Alegre têm mais de 500 pacientes com covid e 156 aguardando leitos

Da Redação

Porto Alegre já tem mais de 500 pacientes com covid-19 nas Unidades de Terapia Intensiva da rede hospitalar. Na tarde desta segunda-feira (1º), o painel de monitoramento indicava 510 paciente diagnosticados com a doença, além de 48 com suspeita de contaminação. Outro número que não para de crescer é o de pessoas aguardando leitos de UTI nas emergências. Por volta das 16h de hoje, são 156.

Mesmo com novos leitos em operação nos últimos dias, as UTIs apresentam taxa de ocupação de 99,42%. Ao menos dez hospitais têm 100% de ocupação ou mais. Na última quarta, há menos de uma semana, a Capital superou pela primeira vez a marca de 400 pessoas com coronavírus nas UTIs simultaneamente. Não muito antes, em 15 de fevereiro, foi a primeira vez que mais de 300 pacientes de covid estiveram em unidades de terapia intensiva de Porto Alegre.

Em todo o Estado, a taxa de ocupação das UTIs é d 97,3%, indicando que o sistema de saúde já não suporta mais atender a demanda crescente. Na maior parte da pandemia, o Rio Grande do Sul registrou taxas de ocupação na faixa dos 80%, com ao menos 400 leitos livres, mesmo nos períodos de maior agravamento. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o RS tem hoje apenas 76 leitos de UTI disponíveis.

No dia 20 de fevereiro, o Estado superou pela primeira vez a marca de mil pacientes covid nas unidades de terapia intensiva. Hoje são 1.625. Em 21 de fevereiro foi a última vez que houve 4 centenas de leitos livres. O número caiu rapidamente em uma semana, mesmo com a diminuição de pacientes graves de outras doenças. No mesmo dia 21 havia 978 hospitalizados nas UTIs por problemas de saúde não relacionados a covid. Hoje são 840.ShareTweet