Em comunicado governo do Estado avisa que presos continuarão nas delegacias

carceragem_27_07_16Em comunicado desta quarta-feira (27), a SUSEPE (Superintendência dos Serviços Penitenciários) informa que providenciou a transferência de 25 presos, que estavam em delegacias, para os sistema penitenciário. Porém, no mesmo comunicado, a SUSEPE esclarece que “A partir de agora, não há espaço disponível e a transferência ocorrerá conforme a abertura de novas vagas”.

Ou seja, as 25 vagas já não seriam suficientes para atender a quantidade de presos que estavam nas carceragens das delegacias da capital. E agora, a SUSEPE assume que os novos detidos terão que ficar nas delegacias, até que sejam abertas novas vagas. O que não tem previsão para acontecer, pois, como a própria Superintendência explica, cinco estabelecimentos prisionais do estado estão interditados pela justiça por superlotação e problemas estruturais históricos. Nessa quinta-feira (28), a UGEIRM fez um levantamento e constatou que 11 presos estão no DEIC, 14 na 2ª DPPA e 7 na 3ª DPPA.

Enquanto a incompetência do governo não consegue resolver esses problemas, mesmo depois de 1 ano e meio de governo, os policiais e a população ficarão à espera de um cadáver para ver o Executivo, o Legislativo ou o Judiciário tomar uma providência.