Extinção da licença-capacitação deve ser votada na próxima terça-feira (01)

A partir de uma articulação do governo Eduardo Leite, um acordo entre a base aliada e o deputado Fabio Ostermann (Novo) possibilita que a extinção da licença-capacitação dos servidores públicos seja colocada em votação na próxima terça-feira (01).

A negociação passou por uma modificação, que permite que os servidores com licenças já garantidas não sejam atingidos pela extinção. Essa mudança visa evitar questionamentos em massa na justiça. Até agora, o Projeto não tinha sido colocado em votação devido às incertezas sobre a sua aprovação.

UGEIRM convoca policiais para lotar as galerias da Assembleia Legislativa

A direção da UGEIRM, em conjunto com as outras entidades representativas dos servidores públicos, convoca os (as) policiais a comparecerem na Assembleia Legislativa na próxima terça-feira. Já no período da manhã, os (as) servidores (as) estarão na Praça da Matriz para pressionar os parlamentares. O governo Eduardo Leite está se mobilizando dentro do parlamento para aprovar a proposta do deputado Fabio Ostermann (Novo). A única forma de impedir mais esse ataque aos direitos dos servidores é a realização de uma grande pressão sobre os deputados estaduais. Apesar de uma ampla base de apoio na Assembleia Legislativa, o governo Eduardo Leite já foi derrotado na proposta de Emendas Parlamentares e na venda de ações do Banrisul. A mobilização dos servidores pode impor mais uma derrota ao governador, enfraquecendo ainda mais suas propostas de retirada de direitos dos servidores, particularmente, a que cria a alíquota extra para a previdência dos Servidores Públicos.