Santana do Livramento sediou o VII Seminário Estadual da Polícia Civil

Aconteceu na cidade da fronteira do estado, nos dias 8 e 9 de novembro, o VII Seminário Estadual da Polícia Civil. Com o tema “Gestão da Investigação Criminal”, o evento contou com a participação de aproximadamente 500 policiais de todo o estado. Durante os dois dias, realizaram-se diversas palestras e painéis sobre temas de interesse da Polícia Civil gaúcha.

As atividades tiveram inicio com a palestra “Ferramentas Tecnológicas na Investigação Criminal”, ministrada pelo delegado Alessandro Gonçalves Barreto, que é Coordenador-geral de Contrainteligência da Dint/Senasp. A exposição foi mediada pelo Chefe de Polícia, Delegado Emerson Wendt. Na sequência, o professor Rogério Bohn, da Escola Superior de Propaganda e Marketing – (ESPM), palestrou sobre “Os Desafios da Gestão”. A apresentação teve como mediadora a delegada Andrea de Melo da Rocha Mattos, Diretora da Divisão de Planejamento e Coordenação (Diplanco).

No período da tarde, o delegado da Polícia Federal Alessandro Lopes, Chefe do Núcleo de Inteligência Policial da Polícia Federal e Representação da Interpol no Rio Grande do Sul, e o Senhor Gustavo Vidigal, Chefe do Grupo de Enfrentamento ao Narcotráfico e Comando de Operações Especializadas e de Fronteira da Polícia Rodoviária Federal, participaram de um painel com o tema “Polícia de Fronteira”. As apresentações tiveram como mediadores o Subchefe de Polícia, Delegado de Polícia Leonel Fagundes Carivali, e o Diretor do Departamento de Polícia do Interior, Delegado Fernando Antônio Sodré de Oliveira.

Encerrando as atividades, na sexta-feira (9), aconteceu a última palestra do evento, ministrada pelo Delegado Cristiano de Castro Reschke, Diretor do Gabinete de Inteligência e Assuntos Estratégicos (GIE), com o tema Investigação do Crime Organizado no Rio Grande do Sul. A mediação ficou a cargo da delegada Elisangela Melo Reghelin, Diretora da Academia de Polícia. Após a última palestra, aconteceram Estudos de Casos com os temas Combate às Facções, Lavagem de Dinheiro e Colaboração Premiada.

Com informações do site da Polícia Civvil do RS