Servidores instalam acampamento em frente ao Palácio Piratini

acampamento1

Foi instalado no início da manhã desta terça-feira (08), o acampamento dos servidores públicos na Praça da Matriz, Centro de Porto Alegre. A UGEIRM também montou sua barraca e participa do acampamento que pretende pressionar os deputados a votar contra o Pacote de Maldades do Governo Sartori. Entre as medidas que os servidores pretendem impedir, está o PLC206/15, Lei de Responsabilidade Fiscal do Estado, que congela os salários dos servidores, impede a implantação da Tabela de Subsídios dos trabalhadores da Segurança, proíbe as promoções e a contratação dos aprovados no último concurso da Polícia Civil. Além disso, Sartori enviou à Assembleia o PL303, que institui a previdência complementar para os novos os servidores e a PEC 244 que transforma a Licença Prêmio em capacitação. Os servidores estão na Praça também para tentar impedir a aprovação de mais aumento de impostos, o que penaliza ainda mais a população gaúcha nesse momento de crise do Estado.

UGEIRM convoca todos os policiais para a Praça da Matriz

acampamento2O Presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, convoca os servidores a se juntarem ao acampamento, “esta semana começam a tramitar na Assembleia os projetos enviados por Sartori. Esse acampamento é fundamental para impedir a aprovação desses projetos que atacam nossos direitos e desmontam o serviço público no nosso Estado. Nossa paralisação tem que ocupar as ruas e a Praça da Matriz. Vamos manter a nossa mobilização em todo o Estado e, aqui em Porto Alegre, ocupar a Praça da Matriz para pressionar os deputados e obrigar Sartori a recuar”.
O acampamento já conta com um grande número de servidores, Além dos policiais civis, os professores, a Brigada e várias outras categorias estão na Praça, protestando contra os ataques do Governo Sartori.