A Polícia Civil perde mais um policial para a Covid-19, o Inspetor Bruno Mainardi

É com imensa tristeza que recebemos a notícia, na tarde desta terça-feira (30), do falecimento do Inspetor de Polícia Bruno Rafael de Oliveira Mainardi, 36 anos, que trabalhava na DRACO de Uruguaiana, em decorrência de complicações da Covid-19. Há algumas semanas ele vinha lutando contra essa doença terrível, contraída enquanto trabalhava na Operação Verão. Bruno tinha oito anos de Polícia, e deixa três filhos pequenos.

Está cada dia mais difícil suportar a perda de tantos colegas. Não são apenas números de uma estatística, mas amigos, como o Bruno Mainardi, que partilharam com vários de nós, momentos importantes da nossa vida. O sentimento que perpassa toda a categoria é de revolta com essa situação.

Desde dezembro os Policiais Civis reivindicam a vacinação da categoria, porém temos sido permanentemente ignorados. Até quando teremos que esperar? Será que, quando o efetivo não for suficiente para garantir a segurança da população, seremos considerados? Por quanto tempo ainda teremos que publicar Notas de Pesar e clamar pela vacinação da categoria? Essa situação tem que ser resolvida imediatamente e os (as) Policiais tem que ser vacinados com a máxima urgência.

Nesse momento, nos faltam palavras para externar nossa solidariedade com a família e com os amigos do Inspetor Bruno Mainardi. Aos familiares, a UGEIRM se coloca à disposição para o que for preciso e se solidariza com a dor e a tristeza pela perda de alguém tão importante nas suas vidas. Aos Policiais Civis, só podemos garantir que continuaremos lutando para que os governos garantam nossa vacinação e proteção contra essa terrível doença. É o mínimo que podemos fazer pela memória do colega Bruno e de todos que se foram, vítimas da Covid-19 e do descaso dos governos.