Mais uma tragédia anunciada: DPPA de Gravataí

No sábado, um policial foi baleado em uma tentativa de fuga da carceragem do DEIC. Na segunda-feira (24), foi a vez dos policiais de Novo Hamburgo enfrentarem momentos de tensão, com a superlotação da carceragem da DPPA da cidade. Nesta quarta-feira (26), é a vez de Gravataí lidar com uma situação insuportável. Uma DPPA que possui duas celas, com capacidade para três presos em cada uma, tem 36 presos espalhados entre celas, corredores, salas e viaturas, aguardando vagas no sistema penitenciário.

A direção da UGEIRM está em contato com os policiais de plantão, tentando encontrar uma solução para a situação crítica. Infelizmente, se depender do governo do estado, os policiais ficarão entregues à própria sorte, tendo que lidar com uma situação que é um grande risco para eles e para a população que procura a DPPA para ser atendido. Chegamos ao ponto, em que a população está com medo de procurar as delegacias, pois sabe que corre o risco de presenciar uma rebelião e ser usado com refém, ou escudo humano. Ou seja, o governo Sartori/PMDB conseguiu algo impensável, os gaúchos não se sentem seguros nem mesmo dentro das delegacias.

Veja o vídeo feito hoje na frente da DPPA de Gravataí: