Policiais Civis farão protesto pela publicação das promoções nesta quinta (13), às 10h30

Nesta quinta-feira, os (as) Policiais Civis realizarão um protesto reivindicando a publicação imediata das Promoções da categoria. A partir das 10h30, os (as) Policiais Civis da Capital e da região Metropolitana, se concentrarão na frente do Palácio Piratini, onde acontecerá um ato público cobrando do governador Eduardo Leite o cumprimento das suas promessas. No Interior do estado, os (as) Policiais Civis realizarão atos em frente às Delegacias de Polícia, no mesmo horário. Portando faixas e cartazes, a categoria vai cobrar o reconhecimento do trabalho que vem realizando, mesmo enfrentando o maior déficit de pessoal da história e a grande perda de poder aquisitivo dos seus salários.

A categoria já está esgotada, diante das várias promessas não cumpridas pelo governador Eduardo Leite. Desde dezembro os (as) Policiais Civis vivem a expectativa da merecida publicação das promoções. Essa expectativa é alimentada pelas várias promessas feitas pelo governo. Os feitos alcançados pela Polícia Civil, como a redução de todos os índices de violência no estado, vem sendo um dos carros chefes das realizações do governo. O próprio governador já reconheceu, em vídeo realizado no dia 21 de abril, que os (as) Policiais Civis foram fundamentais para a garantia da política de combate à Pandemia no estado e a redução dos índices de violência. No entanto, esse reconhecimento ainda não passou de palavras.

Diante dos injustificáveis adiamentos da publicação das Promoções, não resta outra alternativa aos Policiais Civis, que não seja protestar e colocar os números da segurança pública no exato tamanho do reconhecimento demonstrado pelo governo. A partir de agora, a categoria tem que repensar a sua produção, cumprindo estritamente as suas funções e a sua carga horária. Os (as) Policiais Civis não podem mais aceitar a política de fazer mais com cada vez menos.