Policiais Civis, Federais e Rodoviários Federais protestam contra o fim da aposentadoria

ato_PC_PF2Na tarde desta segunda-feira (06), centenas de policiais civis, federais e rodoviários federais, realizaram uma manifestação contra a Reforma da Previdência em Porto Alegre. A manifestação começou com uma concentração no monumento ao Laçador, prosseguindo com uma caminhada até o Aeroporto Salgado Filho.  No saguão do Aeroporto, os policiais realizaram um ato público e uma panfletagem, explicando aos passageiros, que embarcavam e desembarcavam do aeroporto, as consequências nefastas do projeto de Reforma da Previdência do governo Temer.

ato_PC_PF3_guilherme_santosO presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, fez uma fala onde lembrou às pessoas que estavam no aeroporto, sobre as semelhanças entre as propostas do governo Temer e as aplicadas pelo governo Sartori/PMDB no Rio Grande do Sul. Para Ortiz, “Sartori é apenas um aprendiz de Michel Temer e o que vemos aqui no Rio Grande do Sul, vai se reproduzir em escala muito maior no nosso país”. Ortiz afirmou ainda, que “estamos contra a reforma da Previdência como um todo, porque ela prejudica os policiais, prejudica o trabalhador da iniciativa privada, prejudica o trabalhador do serviço público. É uma reforma que só interessa ao sistema financeiro. É desumana”. Ao final da fala do presidente da UGEIRM, todos os policiais presentes no ato se manifestaram no saguão pedindo “Fora, Temer” e cantando: “Se a PEC passar, a polícia vai parar”. Após as falas dos representantes das entidades representativas dos policiais civis, federais e rodoviários federais, foi realizada uma distribuição de panfletos em vários setores do aeroporto.

ato_PC_PF1