Policiais farão mobilização contra as reformas no dia 30 de junho

O dia 30 de junho está sendo convocado pelas Centrais Sindicais como o dia em que os trabalhadores vão parar o Brasil contra as reformas do governo Temer. Aqui no Rio Grande do Sul estão sendo programadas paralisações e mobilizações de diversas categorias. Os Policiais Civis se unirão aos Policiais Federais, Policiais Rodoviários Federais, Delegados da Polícia Federal e servidores da SUSEPE, para realizar um dia de manifestação e mobilização.

A UGEIRM está convocando todos os policiais civis de Porto Alegre e região metropolitana para a concentração, que acontecerá em frente ao Palácio da Polícia, na Avenida Ipiranga, a partir das 10 horas. No local será realizado um ato de protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

O sindicato também orienta os policiais civis das cidades do interior do estado, a se incorporar nos vários atos que estão sendo convocados pelas entidades sindicais em várias cidades gaúchas.

Reforma acabará com direitos trabalhistas e aposentadoria dos brasileiros

No dia 30 de junho, os policiais se unirão ao conjunto dos trabalhadores, repudiando na totalidade a PEC 287/2016, que significa o fim da previdência pública no Brasil. Colocando todos os brasileiros dependentes de planos privados de previdência e tendo que trabalhar até a morte para garantir o sustento das suas famílias.

Pela proposta de reforma da previdência, um trabalhador terá que trabalhar 49 anos para integralizar o tempo de contribuição. A maioria dos brasileiros morrerá antes mesmo de se aposentar. Quando se trata dos policiais, essa situação fica ainda pior, pois a idade média desses profissionais não atinge sequer os 60 anos, enquanto a idade média da população brasileira é de 74 anos. Somente no ano passado, foram assassinados no Brasil, em serviço ou em razão dele, quase 500 policiais, sem contar o enorme número de suicídios, as mortes por estresse profissional e as baixas por acidentes em ações policiais.

Por tudo isso, as entidades que representam os Policiais Civis, Policiais Federais, Policiais Rodoviários Federais, os Delegados da Polícia Federal e os Agente Penitenciários gaúchos vão se mobilizar nesse dia 30 de junho. Nesta sexta-feira, estaremos nas ruas mostrando à população o que acontecerá se o governo Temer conseguir aprovar suas propostas de reforma da Previdêencia e Trabalhista.