Direção da UGEIRM discute temas de interesse da categoria com a Chefia de Polícia

A direção da UGEIRM esteve reunida, na última segunda-feira (11), com a Chefe de Polícia, Delegada Nadine Anflor, para debater algumas pautas de interesse da categoria. Os principais pontos discutidos foram a falta de efetivo, as condições estruturais de algumas DPPAs do Estado e o assédio moral na Polícia Civil. A chefe de Polícia e o Subchefe, Delegado Fabio Mota Lopes, reconheceram que a instituição convive com um grande número de problemas. Porém, afirmaram que estão buscando conhecer, in loco, as realidades enfrentadas pelos agentes e, a partir daí, estão buscando soluções para esses problemas no menor tempo possível e dentro das possibilidades legais e orçamentárias da administração policial.

Preocupação com o sobreaviso

A direção do sindicato também questionou a Chefia sobre outro problema que tem atingido os (as) policiais de forma recorrente, o sobreaviso. A delegada Nadine afirmou que essa questão vem sendo estudada pela atual chefia de polícia, e que espera encontrar uma solução que se adeque de forma homogênea a todos os agentes. A Chefe de Polícia lembrou que a prática, considerada pela UGEIRM como ilegal, possui particularidades conforme a região e número de policiais disponíveis em cada localidade.

Situação das DPPAs

Com relação às DPPAs, Nadine afirmou que a administração vem realizando visitas nos locais com maiores problemas de infraestrutura, com o objetivo de conhecer a realidade enfrentada pelos policiais lotados nesses órgãos e, em esforço conjunto com as autoridades locais, tomar medidas que possam solucionar os referidos problemas. A chefia informou que existe a possibilidade de reforma ou até mesmo mudança de prédios nos locais com maior dificuldade. Porém, isso está condicionado primeiramente a avaliações técnicas e em segundo plano a possibilidades legais e financeiras