MOÇÃO DE REPÚDIO AO GOVERNO DO PARANÁ E DE SOLIDARIEDADE AOS EDUCADORES

Foto: Rodrigo Pinto / Jornalistas Livres
Foto: Rodrigo Pinto / Jornalistas Livres

As organizações que subscrevem este documento condenam com veemência a ação truculenta e covarde da Polícia Militar do Paraná, que, sob a responsabilidade do governador Beto Richa (PSDB), deixou mais de 200 trabalhadores feridos, na quarta-feira, 29 de abril, exatamente, por uma triste coincidência, no dia mundial da educação!

A luta dos servidores paranaenses é justa e necessária! Afinal de contas, os governos tentam transferir para os ombros dos trabalhadores os resultados de suas incompetências e de anos de desmandos e corrupção! É inaceitável que professores e funcionários sejam responsabilizados pela crise e que tenham que pagar por ela com mais suor e lágrimas!

O verdadeiro massacre ocorrido em frente à Assembleia Legislativa demonstra que o Brasil vive uma falsa democracia, onde somente os interesses dos poderosos são respeitados. Além de se recusar a negociar com o funcionalismo, o governo Beto Richa (PSDB) ordenou tamanha violência. Os educadores foram covardemente atacados com gás de pimenta e balas de borracha, que feriram centenas de idosos, jovens, homens e mulheres.

O Governo do Paraná ultrapassou todos os limites da civilidade, da moralidade, da humanidade. Um verdadeiro abuso de autoridade que ficará marcado na história. Toda a solidariedade aos professores do Paraná.

Os lutadores sociais e a população em geral não podem se calar diante deste episódio. Atos de protesto e de denúncia devem ocorrer em todos os cantos do Brasil. Em Porto Alegre, na próxima sexta-feira, dia 8 de maio, às 18h, no Largo Glênio Peres, faremos um Ato de apoio aos Professores em Luta – A Educação não pode ser Espancada.

Assim, nos somamos a todas as manifestações de REPÚDIO À AÇÃO COMANDADA PELO GOVERNADOR BETO RICHA, À OMISSÃO DO GOVERNO FEDERAL E DE TOTAL SOLIDARIEDADE AOS EDUCADORES PARANAENSES!

 

     LUTAR NÃO É CRIME!            FORA BETO RICHA!

 

CSP CONLUTAS | INTERSINDICAL | UNIDOS PARA LUTAR | ANDES-SN | SINDISPREV-RS | SINTRAJUFE-RS | ASSURFGS | SINDPPD-RS | SINDICAIXA | SINDIMETRÔ-RS | SIMPE | SINDJUS | SINDISPGE | SINDET | SINTECT-RS | SINDISAÚDE/RS | SIMPA | UGEIRM | SIMA ALVORADA | ATEMPA | ASERGHC | ASSMS | NÚCLEO DO CPERS: 38º E 39º PORTO ALEGRE – BAGÉ – CACHOEIRA DO SUL – CAMAQUÃ – CARAZINHO – CRUZ ALTA – ESTRELA – ERECHIM – GRAVATAÍ – PASSO FUNDO – SÃO BORJA – SÃO GABRIEL -SOLEDADE – CERRO LARGO – MONTENEGRO – SANTO ÂNGELO – SANTA ROSA – ALEGRETE – SANTANA DO LIVRAMENTO – CANOAS – SÃO LEOPOLDO – GUAÍBA| RESISTÊNCIA URBANA | CONAT | DCE-UFRGS | ANEL | MOVIMENTO CONTESTAÇÃO | JUNTOS | ALICERCE | MLC | TRIBUNA CLASSISTA | MLS | CS | CEDS | PSTU | PSOL